#Parto #Maternidade

No dia 3/3 eu estava em BH (já estava lá esperando a Antonela nascer)  E a noite, fomos ao aniversário da minha prima Juliana, lá eu comecei a passar mal, mas nada sério, tava só mt tonta e sentindo umas dorzinhas, então pedi pra irmos embora! Quando cheguei, fui deitar e dormir, acordei as tres da madrugada, sentindo dores muito fortes, na hora eu acordei todo mundo, então fomos ao hospital das clinicas, onde eu já estava bastante dilatada só que a minha bolsa ainda não tinha estourado. Então eles furaram minha bolsa e me colocaram no soro, (acho que foi uma das piores horas) comecei a sentir contrações. Na verdade eu não tava nem sabendo como eu estava aguentando as contrações! É uma dor horrivel, é tipo uma cólica menstrual mas um milhão de vezes mais forte. Eu gritava, arranhava a parede, segurava a mão da enfermeira, na verdade eu quase arrancava a mão dela.
Quando finalmente fomos pra sala de parto, a sensação de um parto normal é como seu corpo todo estivesse sendo rasgado a força, só que eu não tive passagem então eles fizeram uns "piques" em mim,
O parto doe tanto, que eu quase fiquei sem voz de tanto gritar...
Quando a Antonela nasceu, eu ja estava toda anestesiada, exausta, mas fiquei muito aliviada, o que mais tava me pretendo era o medo da dor..
 Ela nasceu as sete e meia da manha...
Ela nasceu meio cansadinha então ela ja foi direto pra encubadora,



(maternidade)
(foto pós parto)

3 comentários: