Antonela ja completou tres aninhos

Cade o meu bebezinho? Cade aquela que dormia o dia todo e mal abria os olhinhos? Cade aquela que nem se mexia na cama? É lindo saber hoje que aquela tão miudinha, hoje em dia corre para todos os lados, é um poço de simpatia, alegra a todos, tem inumeras fantasias na mente, canta, dança e corre pra todos os lados. Aquele bebezinho hoje é o meu bebezão. O bebezão que não me deixa dormir, que me faz gargalhar diante de tanta inocência. Minha linda bebezinha, que nem aos vinte anos de idade, deixará de ser a minha bebezinha.
Confesso que eu nunca tive uma relação tão linda com alguém, nunca tive aquela preocupação com alguém, aquela saudade mesmo estando perto, aquela vontade de dar aquele abraço e não soltar jaaaaamais. Ficar só ali, sentindo aquele cheirinho de criança, morder essa pele tão lisa.
Antonela só cresce -ah vá- porém não me importa, ela sempre vai ser o meu xodo.


Nenhum comentário:

Postar um comentário